Os componentes curriculares avaliados pelo Enem são listados na Matriz de Referência do Enem.


Ao contrário dos vestibulares tradicionais e dos concursos públicos, as avaliações externas de larga escala aplicadas no Brasil (como é o caso do ENEM) optam por organizar os componentes do exame em habilidades (ou descritores) ao invés de em uma lista de conteúdos. É por causa desta opção que o documento se chama “matriz” e não lista; na matriz as tarefas cognitivas e os conteúdos são cruzados de maneira a formular as habilidades.


Para acessar a Matriz de Referência do Enem, acesse: http://bit.do/o-que-cai-no-enem.